Pular para o conteúdo principal

FOTOS OURILANDIA











Comentários

renata disse…
nossa queria muito saber como é sua cidade!!!
estou arriscada de ir muito em breve pra ai...
e eu estou muito longe de vcs... moro em minas gerais
c poder me responder..ta joia bj..
renata disse…
nossa q legal vc é de q lugar de minas???
meu namorado esta arrumando serviço ai..e é
bom saber q te conterranios nossosa ai bj...
MONIQUE disse…
Oi Renata, nós estamos muito felizes aqui. Somos da cidade de Lafaiete/MG. Os paraenses são muito simpáticos. Quanto a cultura e costumes muda muito, mas estou adorando aprender tudo novo. Aqui tem gente do Brasil inteiro. A cidade ainda está em construção, falta infra-estrutura, mas acredito que daqui a alguns anos será uma bela cidade...
O que mais estranhamos foi o clima, aqui faz muito calor... impossível dormir sem ventilador, o ideal mesmo é o ar condicionado. O inverno aqui é nosso verão mais quente aí. Portanto se vierem podem trazer somente roupas leves...
No mais felicidades a vocês e continuem acompanhando nosso BLOG. Abração!!!!
Anônimo disse…
oi monique tudo bem? moro na baixada santista, e estou com oportunidades de ir pra vale em orilandia, e muito calor ai tem escolas tecnicas faculdades hospital eos alojamentos da vale e bom, me fala mas sobre essa cidade, meu email e w.demoreira@hotmail.com, vc tem msn manda pra mim desde ja agradeço fk com DEUS
Anônimo disse…
Oi Monique, meu nome e Cici e meu marido esta indo para Ourilandia fazer uma entrevista, estou em minas e talvez tenho que ir com ele, foi facil se adapatar,e as escolas,emprego as pessoas gostaria que me respondesse pois tenho 2 filhas tenho medo q elas nao gostem dai e eu tbem.
MONIQUE disse…
Oi Cici, obrigada pela visita ao BLOG. Olha, eu sempre acredito na importância para a familia de estar unida. Também sou mineira e sempre acompanho meu marido, a cidade é nova, ainda em construção, mas tem crescido rapidamente. As pessoas são muito receptivas e isso facilitou muito a minha adaptação. Fiz muitos amigos. A cultura é bem diferente da nossa, mas para meu filho tem sido uma excelente fonte de pesquisa, temos aprendido muito. Escolas tem as municipais, e 2 particulares que são excelentes. Aqui tem o Pitágoras e o Centro Educacional Modelo (http://cemourilandia.blogspot.com) que utiliza o sistema Positivo de Ensino.
O que é mais difícil de adaptação é o calor, mas agente acaba acostumando. Aqui tem outra vantagem que é a tranquilidade, lógico que existe os pequenos assaltos como em qualquer lugar, mas pelo menos por enquanto ainda não existe sequestro e bala perdida...
O que eu posso te dizer é que somos muito felizes aqui e quando chegar a hora de partir vou deixar grandes amigos. Boa sorte, e qualquer dúvida é só postar!!!!!
euzinha disse…
monique quando surgiu a possibilidade de eu vir pra ourilandia ,eu tive seu blog como referencia,estou triste em saber que vc nao esta mais na idade,mas felis por estar aqui e fazer tanos amigos,ah o shou de zl foi perfeitoooooooo
Suzane disse…
Olá eu gostei muito de sua cidade, em breve eu irei, passar uma temporada por air, meu nome é Suzane, moro em Castanhal Pará, um abraço

Mensagem

Mensagem

Postagens mais visitadas deste blog

Bodas de Rosas - 17 anos de Casamento

Meu amor, hoje estamos de parabéns e celebrando 17 anos de união. Foi diante de Deus que prometemos amor e fidelidade e é diante d'Ele que todos os dias honramos nossas promessas e esta linda união por Ele abençoada. Com você e nosso filho a vida é o mais apaixonante dos desafios, e não existem obstáculos difíceis demais ou impossíveis de ultrapassar. A Deus agradeço a incrível bênção que recebi no dia em que conheci você e em nossos corações nasceu a chama do amor mais puro e sincero. Que nosso caminho seja longo e maravilhoso e que em cada novo dia juntos renovemos os bons sentimentos em nossos corações. Que Deus nos conceda muitos anos de vida compartilhada e que entre nossa família, sempre reinem a harmonia, a amizade, o companheirismo e o amor, como até agora. Eu te amo, muito!

BIOGRAFIA RICARDO NUNES - O DONO DA RICARDO ELETRO

UMA HISTÓRIA EMOCIONANTE E VITORIOSA

Hoje eu quero comentar uma história de vida que assisti no Caldeirão do Huck nessa semana. Foi a história de mais um mineiro que acreditou no seu sonho, lutou muito e hoje é um vencedor, sem contudo perder a humildade.


O nome dessa pessoa que aprendi a admirar é Ricardo Nunes.

RICARDO nasceu em Divinópolis - Minas Gerais, em menos de duas décadas, Nunes partiu do ponto zero -- zero mesmo -- para tornar-se dono de uma das dez maiores redes de lojas de varejo do país. Sua trajetória empreendedora começou cedo e teve profunda influência de seu pai, um comerciante de bijuterias. "Meu pai morreu quando eu era criança", diz Nunes, o segundo de quatro filhos. Aos 12 anos após perder o pai Ricardo tinha que ajudar a mãe a cuidar dos irmãos, e por isso começou a vender as mexericas do sitio.
Ia vender perto das escolas e descobriu que gritando, vendia mais. Logo começaram a aparecer outras crianças vendendo perto dele, e então ele aprendeu que precis…

TATUAGEM NATURAL QUE DURA 5 ANOS

ADOREI ESSA NOVIDADE

Ontem aprendi com uma coordenadora da escola uma coisa super legal. Ela me contou que na sua adolescencia fez uma tatuagem natural que durou 5 anos!!!





Isso mesmo!!! Aqui nessa região eles usam um líquido da castanha do Caju para fazer tatuagem. Fica por 5 anos e depois desaparece.
Funciona dessa maneira . . .
A castanha contém um óleo-resina cáustica, conhecido como LCC (líquido da castanha de caju). A composição do LCC é principalmente de ácido anacárdico, cardol (11,31%) e seus derivados. Dentro da castanha é que se encontra a amêndoa oleaginosa, comestível, conhecida e comercializada como castanha de caju.

O LCC causa forte irritação na pele, deixando cicatrizes quase indeléveis que jovens usam para fazer um tipo primitivo de tatuagem. O LCC espesso é de cor escura, tem uso popular para verrugas, calos, edemas, manchas na pele e tecidos de neoformação.

O uso em estado fresco do fruto (castanha) pode provocar lesões na pele, pois é terrivelmente cáustico. Quando as …