Pular para o conteúdo principal

Quarta-feira de Cinzas


Oi gente! Acabou o carnaval e a vida continua. Hoje ainda não tem aula aqui. Só mesmo amanhã recomeçam as aulas. O carnaval aqui em Ourilandia foi bem "tranquilo". Não vimos blocos de ruas. Teve baile no BIG BOY, uma boate muito conhecida aqui, mas com criança pequena é melhor não se aventurar. Teve também o Carnaval Automotivo. O que eu gosto mesmo são das famosas Marchinhas de Carnaval... que saudade . . . esse ano não deu mas quem sabe o ano que vem. Nas empresas não teve nem feriado. A turma trabalhou normalmente. Mas não reclamamos. O importante é estar trabalhando e principalmente fazendo o que se gosta.

Hoje resolvi pesquisar um pouco sobre a Quarta-feira de cinzas. Quando criança aprendi que nao devemos comer carne neste dia, que é o primeiro dia da quaresma, mas gostaria de saber um pouco mais.

Quer aprender junto comigo?


O uso litúrgico das cinzas tem sua origem no Antigo Testamento. As cinzas simbolizam dor, morte e penitência. Uma das frases – no momentio da imposição das cinzas – serve de lembrete para nós: 'Lembra-te que do pó viestes e ao pó, hás de retornar.' A cinza quer demonstrar justamente isso; viemos do pó, viemos da cinza e voltaremos para lá, mas, precisamos estar com os nossos corações preparados, com a nossa alma preparada para Deus.

Todas as religiões têm períodos voltados à reflexão, fazem parte da disciplina religiosa. Cada doutrina religiosa tem seu calendário específico para seguir. A cor litúrgica deste tempo é o roxo, que significa luto e penitência. Cerca de duzentos anos após o nascimento de Cristo, os cristãos começaram a preparar a festa da Páscoa com três dias de oração, meditação e jejum. Por volta do ano 350 d. C., a Igreja aumentou o tempo de preparação para quarenta dias. Assim surgiu a Quaresma.

Mas nem todas as religiões realizam a quaresma. Segundo o Pastor Jackson Rodrigues, do Santuário da Família Centro de Evangelização Integrada, para os evangélicos ela não existe. Já a Páscoa é parte do culto religioso. Ele ressalva apenas que o cerimonial aplicado hoje é diferente do registrado na Bíblia. A Páscoa, como é comemorada hoje, foi instituída em Roma, por volta do século 4 a.C. Já a Páscoa dos judeus começou na saída de Israel do Egito, aproximadamente 1,4 mil antes de Cristo.

Para os judeus a páscoa é celebrada no dia 14 do mês de Nizan, que equivale à metade do mês de março e metade do mês de abril. O que significa dizer que ela, necessariamente, não era comemorada em um domingo. Esse foi o dia escolhido pela igreja católica, por causa da ressureição de Cristo que aconteceu justamente, em um domingo.

A Quaresma é tempo de reparação, são quarenta dias de conversão e penitência, para se preparar para a "passagem do pecado para a vida", para entrar numa forma nova na água purificadora da Páscoa, para que a vida se faça presente com sua novidade e com seu amor restaurador.

Assim sendo, não importa sua religião ou credo, analise sua conduta para conhecer em quê esta falhando.

Faça propósitos para cumprir dia a dia e revise à noite se os alcançou.


Lembre-se de não colocar muitos propósitos porque será muito difícil cumprir todos.


Deve-se subir as escadas de degrau em degrau, não se pode subir toda ela de uma só vez.

Conheça qual é o seu defeito dominante e faça um plano para lutar contra ele.


Teu plano deve ser realista, prático e concreto para poder cumpri-lo.


Quaresma é tempo de reflexão de seus atos e suas ações.

Não esqueçam disso.....

Comentários

Mensagem

Mensagem

Postagens mais visitadas deste blog

MINERAÇÃO ONÇA PUMA -OBRA 273 - OURILANDIA DO NORTE - PARÁ

MARÇO/2010 TRANSPORTADORES DE CORREIA -                VENTILADORES EM BAIXO DA GALERIA DREYER PRECIPITADORES SILOS DE PÓ, SILOS DE MINERIO SECO                                                                                                   CHAMINÉ GALPAO ESTOCAGEM DE EMERGENCIA DE MINERIO KILN LAVADOR DE GASES MÁQUINAS DE PÁTIO EMPILHADEIRA E RECUPERADORA MONTAGEM DO 4. PRECIPITADOR EM MONTAGEM PRECIPITADORES PRECIPITADORES SILOS DE PÓ, SILOS DE MINERIO SECO SISTEMA DE REFRIGERAÇÃO DE AGUA - ASPIRAL

CIRURGIA PARA VOLTAR A OUVIR - IMPLANTE COCLEAR

O MILAGRE DA AUDIÇÃO IMPLANTE COCLEAR OU "OUVIDO BIONICO" Crianças e adultos vítimas de surdez profunda e sem poder aquisitivo para bancar uma cirurgia corretiva podem ter esperanças de voltar a escutar. Basta que o implante coclear seja indicado para o seu tipo de problema. Isso por que o SUS (Sistema Único de Saúde) já oferece esse tipo de operação em hospitais de São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Rio Grande do Norte. Desde 1990, 700 pessoas já foram beneficiadas. Em breve, o Rio de Janeiro também entrará na lista com o credenciamento do Hospital Gafrée e Guinle pelo Ministério da Saúde. A cirurgia é indicada para pessoas que não podem usar aparelhos auditivos convencionais.“É um procedimento de alta complexidade e o Sistema Único de Saúde arca com os todos os custos”, explica o Dr. Fernando Portinho, otorrinolaringologista, professor da Escola de Medicina da UNIRIO (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro) e coordenador do projeto.O tratamento com

FAMILIA GUERARD, GHERARDI, GERARDI, GIRARDI

MINHA ÁRVORE GENEALÓGICA MEU NOME É MONIQUE, Meu tataravô ( LOURENÇO GHERARDI ) , minha tataravó ( ADELIA FERRAGATTI ) ele filho de ( LOURENÇO GHERARDI E DOROTEIA PERONO ), ela filha de ( GIACOMO FERRAGATTI E IRENE OZELIO) . meu bisavô materno ( LOURENçO FRANCISCO GHERARDI) e minha bisavó materna (VIRGINIA TAVARES ALBERGARIA GHERARDI ) , minha avó materna (ELZI GUERARDI NASCIMENTO) e meu avô materno (LUIZ GONZAGA DO NASCIMENTO), meus pais (MARIA DA GLORIA DO NASCIMENTO SOUZA e ADÃO HELIO DE SOUZA). Família Gerardi Em 06 de março de 1895 chegou ao porto de Santos, desembarcando do navio “ARNO” uma família vinda da região de Treviso, norte da Itália que se apresentou como  FAMÍLIA GIRARDI , mas por falha de grafia do oficial de registros da imigração o sobrenome passou a ser  GERARDI. Assim podemos considerar como origem da família o sobrenomeGIRARDI e a geração que que ficou no Estado de São Paulo, GERARDI. OLHA COMO É GRANDE A FAMILIA GUERARDI...  ESSES PARENTE