Pular para o conteúdo principal

NETWORK - RELACIONAMENTOS PROFISSIONAIS, COMO CONSEGUIR UM BOM EMPREGO

“Network” é uma expressão importada dos Estados Unidos e, em Recursos Humanos, significa rede, malha, círculo de relações pessoais e profissionais. 

O network de cada executivo/profissional é a chave que abre o mercado de empregos e de negócios. Um trabalho de networking que gere uma rede de bons contatos pessoais e profissionais certamente facilitará a vida de qualquer pessoa em momentos cruciais, quando o relacionamento for fundamental para o sucesso na busca dos seus objetivos.

No mercado de trabalho, o network de cada executivo/profissional é de suma importância para o executivo que busca recolocar-se, especialmente quando conjunturalmente o emprego diminui, as empresas são muito seletivas e o número de candidatos é muito grande.

Os meios tradicionais de busca de oportunidades de emprego como os anúncios de jornais, o contato com headhunters, a mala direta para empresas, a consulta aos portais de empregos, todos são úteis, mas perdem algum efeito, hoje em dia, porque concentram centenas ou milhares de candidatos que pelo número acabam se tornando anônimos. 


O que sobra como caminho para quem procura emprego num nível executivo ou profissional sênior é buscar o apoio das pessoas que compõem seu
network, para que se convertam em padrinhos proativos de sua candidatura no mercado. Quem fez o seu networking bem feito e, conseqüentemente, tem um network capaz de se engajar no esforço de divulgação de sua candidatura no mercado, certamente tem um diferencial significativo sobre os seus competidores que, atualmente, são muitos e qualificados.

Confrontadas com uma massa de currículos de pessoas desconhecidas, todos se apresentando como preparados e competentes para assumir as posições vagas, as empresas certamente preferirão avaliar, primeiro, aqueles candidatos que cheguem por indicações e recomendações pessoais de amigos, colegas e profissionais, cuja colaboração é inteligente e desinteressada. A empresa que está recrutando sabe que uma tal recomendação vem da pessoa grada com um endosso preliminar no currículo e que um amigo jamais irá indicar um “mico”, para criar problemas futuros.

Curiosamente, os aspectos levantados aqui - óbvios para a maioria dos profissionais experientes no mercado - parecem não ser levados na devida conta por muitos dos executivos e profissionais com os quais cruzamos em nossa prática de recrutamento, recolocação e aconselhamento, nestes últimos vinte anos. A verdade é que muitos profissionais, quando lembrados da importância do seu network para a busca dos seus objetivos de carreira, se declaram modestos e insuficientes, afirmando não terem feito, historicamente, o seu networking profissional, de maneira a poderem ativá-lo e utilizá-lo em seu benefício, na hora da necessidade. Suas chances, no mercado, ficam igualmente pobres.

Cabe, portanto, nesta Carta, recomendar a todos não esperar a hora do aperto para então fazer o seu networking. Aí não resolve. É preciso que ao longo da carreira estejamos permanentemente montando o nosso network e investindo na montagem de um leque de contatos que serão úteis em muitos momentos de necessidade, seja para emprego, para negócio ou para outros fins. O executivo “apagado” e anônimo caminha para o ostracismo ou para o desastre profissional na carreira.

FONTE: TEXTO Laerte Cordeiro



DICAS PARA CONSTRUIR SEU NETWORK:
Você pode começar seu Network de diversas formas, mas a melhor é pessoalmente. Frente a frente com as pessoas. Para isso, você pode optar por alguns eventos diferentes:

1 – Congressos, feiras, palestras, cursos, etc.
Nestes eventos, você sempre conhecerá diversos tipos de pessoas que possuem interesses semelhantes ao assunto do evento, e é sempre uma excelente oportunidade de iniciar um Networking.

2 – Reuniões em geral.Em muitas reuniões, existem pessoas que você não conhece, e provavelmente será apresentado a elas. Normalmente reuniões profissionais, mas as vezes pessoais também. Preste atenção em quem estão lhe apresentando, pois pode ser útil no futuro.

3 – Apresentação pessoal.
Em algumas ocasiões lhe apresentarão alguém de seu interesse, que pode fazer parte de seu Network. Pode ser novamente uma apresentação pessoal, como profissional. E é essencial você estar sempre atento a estes momentos. Este tipo de apresentação muitas vezes pode ser solicitado, por exemplo, você pode pedir a um amigo apresentar um outro amigo dele que pode ser importante a você.


NETWORK ABRE PORTAS PROFISSIONAIS?

Sim, fazer network abre portas profissionais. O mais importante é entender que as pessoas que fazem parte do nosso ciclo de amizades podem ser úteis de várias formas. No âmbito profissional, por exemplo, não perder relações com os antigos empregadores, amigos da época, turma acadêmica, grupos profissionais, Conselhos Regionais e sindicatos/entidades/associações de classe, podem beneficiar um profissional. Todos estes relacionamentos podem ser catalogados por interesse e atualizados constantemente. Faça a sua rede saber o que você está fazendo, onde está trabalhando, se mantém um blog, se possui perfis em mídias sociais. Coloque-se na vitrine do mercado de trabalho.
A internet é um grande meio para manter relacionamentos, pois ela oferece inúmeras oportunidades de contato em redes sociais, como o já citado LinkedIn, que guiam o profissional a preencher campos do cadastro como se fosse um currículo online e ligam pessoas a empresas e instituições de ensino. Todos esses links fazem com que surjam oportunidades de emprego, palestras e negócios.
Porém, para se construir uma rede de relacionamentos consistente, alguns pré-requisitos devem ser levados em consideração. Os principais deles são a constância e consistência, pois de nada serve ter um grande leque de contatos se você está sempre ausente, ou pior, se você não apresenta conteúdo com o qual possa contribuir. É preciso manter-se ativo e conectado, pois quem não é visto, não é lembrado. A qualidade da sua rede depende exatamente do interesse em mantê-la produtiva e de fácil acesso, além de constantemente atualizada.
Quando um profissional começa a pensar em network, a princípio ele pode achar que o importante é a quantidade de pessoas que possui em sua rede. No entanto, mais do que quantidade, a qualidade desses contatos deve ser valorizada. É preciso ter bons contatos, com pessoas que possibilitem a troca, que te enxerguem como um profissional competente, que saibam das suas qualidades e conheçam seu trabalho.
Neste ponto, podemos identificar uma linha que liga o network ao marketing pessoal. E fazer essa ligação não é equívoco. Marketing Pessoal é a embalagem que você dá ao seu produto (conquistas e competências) e o NETWORK é a divulgação deste produto. Então, sem dúvidas, os dois estão interligados. Se um produto na prateleira do supermercado tiver embalagem atraente, mas não for de boa qualidade, o seu consumo será temporário. Um produto de boa qualidade, porém, sem uma embalagem atrativa, não será consumido. Mas um produto de boa qualidade e com boa embalagem terá uma venda eterna
É importante que o profissional tenha pré-disposição em iniciar este trabalho, pois com os recursos (tecnologia, internet) hoje existentes, não é difícil e nem trabalhoso criar um pequeno banco de dados que o permita utilizá-lo para pesquisa, obter dados e informações, divulgar produtos e currículos, parabenizar por datas comemorativas e muito mais. Criar o programa, alimentá-lo e desenvolver grupos de interesse permitirá que ele tenha em mãos um excelente instrumento de relacionamento. Não pense nas dificuldades, mas sim no retorno e nas oportunidades.

Fonte: Cartho

Comentários

Adorei essa matéria! Dicas excelentes! Vou aproveitar as dicas e meu blog para fazer o network. Me formei em Pedagogia no ano passado, e busco uma colocação em escola particular, pois trabalhei na pública. E com essa aula para conseguir emprego tenho certeza que facilitará e muito a conquista. Obrigada!

Meu Blog: http://www.lubarrach.blogspot.com
MONIQUE disse…
Obrigada pela visita Luciana. Te desejo muita sorte e realização profissional!!!!!

Mensagem

Mensagem

Postagens mais visitadas deste blog

MINERAÇÃO ONÇA PUMA -OBRA 273 - OURILANDIA DO NORTE - PARÁ

MARÇO/2010 TRANSPORTADORES DE CORREIA -                VENTILADORES EM BAIXO DA GALERIA DREYER PRECIPITADORES SILOS DE PÓ, SILOS DE MINERIO SECO                                                                                                   CHAMINÉ GALPAO ESTOCAGEM DE EMERGENCIA DE MINERIO KILN LAVADOR DE GASES MÁQUINAS DE PÁTIO EMPILHADEIRA E RECUPERADORA MONTAGEM DO 4. PRECIPITADOR EM MONTAGEM PRECIPITADORES PRECIPITADORES SILOS DE PÓ, SILOS DE MINERIO SECO SISTEMA DE REFRIGERAÇÃO DE AGUA - ASPIRAL

CIRURGIA PARA VOLTAR A OUVIR - IMPLANTE COCLEAR

O MILAGRE DA AUDIÇÃO IMPLANTE COCLEAR OU "OUVIDO BIONICO" Crianças e adultos vítimas de surdez profunda e sem poder aquisitivo para bancar uma cirurgia corretiva podem ter esperanças de voltar a escutar. Basta que o implante coclear seja indicado para o seu tipo de problema. Isso por que o SUS (Sistema Único de Saúde) já oferece esse tipo de operação em hospitais de São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Rio Grande do Norte. Desde 1990, 700 pessoas já foram beneficiadas. Em breve, o Rio de Janeiro também entrará na lista com o credenciamento do Hospital Gafrée e Guinle pelo Ministério da Saúde. A cirurgia é indicada para pessoas que não podem usar aparelhos auditivos convencionais.“É um procedimento de alta complexidade e o Sistema Único de Saúde arca com os todos os custos”, explica o Dr. Fernando Portinho, otorrinolaringologista, professor da Escola de Medicina da UNIRIO (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro) e coordenador do projeto.O tratamento com

FAMILIA GUERARD, GHERARDI, GERARDI, GIRARDI

MINHA ÁRVORE GENEALÓGICA MEU NOME É MONIQUE, Meu tataravô ( LOURENÇO GHERARDI ) , minha tataravó ( ADELIA FERRAGATTI ) ele filho de ( LOURENÇO GHERARDI E DOROTEIA PERONO ), ela filha de ( GIACOMO FERRAGATTI E IRENE OZELIO) . meu bisavô materno ( LOURENçO FRANCISCO GHERARDI) e minha bisavó materna (VIRGINIA TAVARES ALBERGARIA GHERARDI ) , minha avó materna (ELZI GUERARDI NASCIMENTO) e meu avô materno (LUIZ GONZAGA DO NASCIMENTO), meus pais (MARIA DA GLORIA DO NASCIMENTO SOUZA e ADÃO HELIO DE SOUZA). Família Gerardi Em 06 de março de 1895 chegou ao porto de Santos, desembarcando do navio “ARNO” uma família vinda da região de Treviso, norte da Itália que se apresentou como  FAMÍLIA GIRARDI , mas por falha de grafia do oficial de registros da imigração o sobrenome passou a ser  GERARDI. Assim podemos considerar como origem da família o sobrenomeGIRARDI e a geração que que ficou no Estado de São Paulo, GERARDI. OLHA COMO É GRANDE A FAMILIA GUERARDI...  ESSES PARENTE