Pular para o conteúdo principal

Primeiro módulo do Projeto Ferro Carajás S11D

A Vale transportou, esta semana, o primeiro dos 109 módulos que irão compor a Usina de Beneficiamento do Projeto Ferro Carajás S11D. O módulo que tem cerca de 18 metros de altura e foram transportados de forma inédita sobre macacos hidráulicos.



Projeto S11D - O projeto representa a expansão da atividade de extração e beneficiamento de minério de ferro no Complexo Minerador de Carajás, em operação desde 1985. Desde então, além de produzir o melhor minério de ferro do mundo, abastecendo o mercado nacional e internacional, a atuação da Vale  nos municípios de Parauapebas e Canaã dos Carajás, no sudeste do Pará, proporcionou à região Norte do Brasil um forte ciclo de desenvolvimento econômico e social, com benefícios igualmente importantes para a preservação do meio ambiente.

A vale concluiu o transporte do primeiro dos 109 módulos que irão compor a Usina de Beneficiamento do Projeto Ferro Carajás S11D – um gigante com altura equivalente a um prédio de seis andares. A fase de teste foi realizada entre os dias 1 e 4 de junho e foi considerada bem sucedida. “Montamos uma grande operação, envolvendo diversas áreas da Vale e do Projeto S11D, além de órgãos municipais e a comunidade. A preocupação com a segurança das pessoas envolvidas na operação e dos moradores das vilas foi primordial”, conta o Líder de Logística de Obra do S11D, João Kapiska.
O percurso de aproximadamente 42 quilômetros da Rodovia Municipal de Canaã dos Carajás, que liga o Canteiro Sudeste do Pará, onde as estruturas foram pré-montadas, ao local destinado à implantação da usina, foi transposto de forma inédita no país. Plataformas com rodas, posicionadas abaixo dos módulos, cuja capacidade de carga por eixo é superior a um caminhão convencional, fizeram a elevação dos blocos de forma hidráulica. Acopladas umas às outras, transportaram as peças até o local da futura usina.
“Estes equipamentos viabilizam toda a estratégia de modularização do S11D, permitindo o transporte de cargas extremamente pesadas, uma vez que possibilitam o acoplamento de quantos eixos forem necessários”, explica Kapiska. O ajuste hidráulico dos equipamentos também garante um transporte com maior estabilidade. Além disso, há um ganho em poder de manobra, que chega a 360 graus, por meio de um sistema de controle computadorizado.
A estratégia de modularização foi adotada para implantação do Projeto S11D por apresentar diversas vantagens, como maior segurança com a redução de trabalho em altura e o aumento na velocidade de construção da usina.
Segurança durante a operação
Como o tráfego na Rodovia Municipal de Canaã dos Carajás foi alterado em alguns períodos, foram disponibilizados alguns desvios de trânsito por estradas vicinais. “É importante ressaltar o comportamento dos moradores das vilas que ficam próximas da estrada, que respeitaram o limite de aproximação permitida pela equipe de segurança e colaboraram durante todo o período de interdição da estrada”, informa Kapiska.

O S11D é o maior projeto da Vale e também o maior da indústria de minério de ferro, constituindo-se na principal alavanca de crescimento da capacidade de produção e da manutenção da liderança da empresa no mercado global em termos de volume, custo e qualidade.

Localizado na Serra Sul de Carajás, em Canaã dos Carajás (PA) prevê a implantação de mina e usina de processamento e terá capacidade nominal de 90 milhões de toneladas métricas anuais de minério de ferro, com teor médio de ferro de 66,48% e baixa concentração de impurezas.

Comentários

Mensagem

Mensagem

Postagens mais visitadas deste blog

MINERAÇÃO ONÇA PUMA -OBRA 273 - OURILANDIA DO NORTE - PARÁ

MARÇO/2010 TRANSPORTADORES DE CORREIA -                VENTILADORES EM BAIXO DA GALERIA DREYER PRECIPITADORES SILOS DE PÓ, SILOS DE MINERIO SECO                                                                                                   CHAMINÉ GALPAO ESTOCAGEM DE EMERGENCIA DE MINERIO KILN LAVADOR DE GASES MÁQUINAS DE PÁTIO EMPILHADEIRA E RECUPERADORA MONTAGEM DO 4. PRECIPITADOR EM MONTAGEM PRECIPITADORES PRECIPITADORES SILOS DE PÓ, SILOS DE MINERIO SECO SISTEMA DE REFRIGERAÇÃO DE AGUA - ASPIRAL

CIRURGIA PARA VOLTAR A OUVIR - IMPLANTE COCLEAR

O MILAGRE DA AUDIÇÃO IMPLANTE COCLEAR OU "OUVIDO BIONICO" Crianças e adultos vítimas de surdez profunda e sem poder aquisitivo para bancar uma cirurgia corretiva podem ter esperanças de voltar a escutar. Basta que o implante coclear seja indicado para o seu tipo de problema. Isso por que o SUS (Sistema Único de Saúde) já oferece esse tipo de operação em hospitais de São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Rio Grande do Norte. Desde 1990, 700 pessoas já foram beneficiadas. Em breve, o Rio de Janeiro também entrará na lista com o credenciamento do Hospital Gafrée e Guinle pelo Ministério da Saúde. A cirurgia é indicada para pessoas que não podem usar aparelhos auditivos convencionais.“É um procedimento de alta complexidade e o Sistema Único de Saúde arca com os todos os custos”, explica o Dr. Fernando Portinho, otorrinolaringologista, professor da Escola de Medicina da UNIRIO (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro) e coordenador do projeto.O tratamento com

FAMILIA GUERARD, GHERARDI, GERARDI, GIRARDI

MINHA ÁRVORE GENEALÓGICA MEU NOME É MONIQUE, Meu tataravô ( LOURENÇO GHERARDI ) , minha tataravó ( ADELIA FERRAGATTI ) ele filho de ( LOURENÇO GHERARDI E DOROTEIA PERONO ), ela filha de ( GIACOMO FERRAGATTI E IRENE OZELIO) . meu bisavô materno ( LOURENçO FRANCISCO GHERARDI) e minha bisavó materna (VIRGINIA TAVARES ALBERGARIA GHERARDI ) , minha avó materna (ELZI GUERARDI NASCIMENTO) e meu avô materno (LUIZ GONZAGA DO NASCIMENTO), meus pais (MARIA DA GLORIA DO NASCIMENTO SOUZA e ADÃO HELIO DE SOUZA). Família Gerardi Em 06 de março de 1895 chegou ao porto de Santos, desembarcando do navio “ARNO” uma família vinda da região de Treviso, norte da Itália que se apresentou como  FAMÍLIA GIRARDI , mas por falha de grafia do oficial de registros da imigração o sobrenome passou a ser  GERARDI. Assim podemos considerar como origem da família o sobrenomeGIRARDI e a geração que que ficou no Estado de São Paulo, GERARDI. OLHA COMO É GRANDE A FAMILIA GUERARDI...  ESSES PARENTE