Pular para o conteúdo principal

A IMPORTÂNCIA DO CONTROLE DOCUMENTAL - QUALIDADE

Controle  Documental -     exemplo da empresa MIP a ser seguido em todas as empresas e no nosso dia a dia, na nossa casa, nossa escola, na nossa vida,  principalmente quando se trata de documentos. 


Fonte:  Jornal Informativo MIP - Julho, Agosto e Setembro 2010

Você já imaginou se o seu carro novo viesse com o manual obsoleto? Ou se, ao comprar um remédio, a receita fornecida fosse de outro medicamento?

Podemos entender com estas perguntas a importância do controle de documentos nas empresas. E na MIP não é diferente! Os diversos documentos utilizados para o desenvolvimento das suas atividades são controlados pelo Setor de Garantia da Qualidade, com objetivo de disponibilizá-los de forma controlada para os usuários. 

O controle dos documentos do SGI (Sistema de Gestão Integrada)  é realizado conforme critérios estabelecidos no PR-SGQU-002 - Controle de Documentos, com suporte do Software Doc Control, que permite a gestão eletrônica dos documentos, desde sua criação até a sua distribuição para os usuários.


São exemplos de documentos controlados: Procedimentos e instruções de Trabalho, Normas externas, Especificações de Processo de Soldagem, PCMSO, PCMAT, desenhos e especificações técnicas.
Os documentos do SGI são disponibilizados de duas formas: Eletrônica - acesso com senha do Doc Control e Cópia Física - pastas distribuídas nos setores.

O controle dos documentos é simples, mas algumas recomendações são importantes:

- Ao utilizar cópia física, certifique-se de que ela está legível e carimbada com a inscrição: "Cópia controlada" em vermelho.
- É proibido tirar cópia dos documentos. Caso precise solicite ao Setor de Garantia da Qualidade.
- Caso haja necessidade de retirar os documentos Cópia Física da sua pasta de origem registre a retirada no "RED FLAG".
- Ao terminar a consulta do documento no Doc Control, finalize o acesso. Lembre-se que o acesso é feito por meio de senha pessoal.

Comentários

teste parceiros disse…
Olá,
Gostaríamos de receber o e-mail para contato do dono do site ou responsável pela área comercial/marketing para enviar uma oferta de conteúdo e produtos gratuitos para os usuários de seu site. E também, remuneração que ajudará o seu site a ter retorno financeiro e aumentar suas visitas. Favor enviar o e-mail de resposta para: roberto@editoraquantum.com.br
Atenciosamente,
Roberto Lion Motta

Editora Quantum – Revista VendaMais
http://www.editoraquantum.com.br

Mensagem

Mensagem

Postagens mais visitadas deste blog

MINERAÇÃO ONÇA PUMA -OBRA 273 - OURILANDIA DO NORTE - PARÁ

MARÇO/2010 TRANSPORTADORES DE CORREIA -                VENTILADORES EM BAIXO DA GALERIA DREYER PRECIPITADORES SILOS DE PÓ, SILOS DE MINERIO SECO                                                                                                   CHAMINÉ GALPAO ESTOCAGEM DE EMERGENCIA DE MINERIO KILN LAVADOR DE GASES MÁQUINAS DE PÁTIO EMPILHADEIRA E RECUPERADORA MONTAGEM DO 4. PRECIPITADOR EM MONTAGEM PRECIPITADORES PRECIPITADORES SILOS DE PÓ, SILOS DE MINERIO SECO SISTEMA DE REFRIGERAÇÃO DE AGUA - ASPIRAL

CIRURGIA PARA VOLTAR A OUVIR - IMPLANTE COCLEAR

O MILAGRE DA AUDIÇÃO IMPLANTE COCLEAR OU "OUVIDO BIONICO" Crianças e adultos vítimas de surdez profunda e sem poder aquisitivo para bancar uma cirurgia corretiva podem ter esperanças de voltar a escutar. Basta que o implante coclear seja indicado para o seu tipo de problema. Isso por que o SUS (Sistema Único de Saúde) já oferece esse tipo de operação em hospitais de São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Rio Grande do Norte. Desde 1990, 700 pessoas já foram beneficiadas. Em breve, o Rio de Janeiro também entrará na lista com o credenciamento do Hospital Gafrée e Guinle pelo Ministério da Saúde. A cirurgia é indicada para pessoas que não podem usar aparelhos auditivos convencionais.“É um procedimento de alta complexidade e o Sistema Único de Saúde arca com os todos os custos”, explica o Dr. Fernando Portinho, otorrinolaringologista, professor da Escola de Medicina da UNIRIO (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro) e coordenador do projeto.O tratamento com

FAMILIA GUERARD, GHERARDI, GERARDI, GIRARDI

MINHA ÁRVORE GENEALÓGICA MEU NOME É MONIQUE, Meu tataravô ( LOURENÇO GHERARDI ) , minha tataravó ( ADELIA FERRAGATTI ) ele filho de ( LOURENÇO GHERARDI E DOROTEIA PERONO ), ela filha de ( GIACOMO FERRAGATTI E IRENE OZELIO) . meu bisavô materno ( LOURENçO FRANCISCO GHERARDI) e minha bisavó materna (VIRGINIA TAVARES ALBERGARIA GHERARDI ) , minha avó materna (ELZI GUERARDI NASCIMENTO) e meu avô materno (LUIZ GONZAGA DO NASCIMENTO), meus pais (MARIA DA GLORIA DO NASCIMENTO SOUZA e ADÃO HELIO DE SOUZA). Família Gerardi Em 06 de março de 1895 chegou ao porto de Santos, desembarcando do navio “ARNO” uma família vinda da região de Treviso, norte da Itália que se apresentou como  FAMÍLIA GIRARDI , mas por falha de grafia do oficial de registros da imigração o sobrenome passou a ser  GERARDI. Assim podemos considerar como origem da família o sobrenomeGIRARDI e a geração que que ficou no Estado de São Paulo, GERARDI. OLHA COMO É GRANDE A FAMILIA GUERARDI...  ESSES PARENTE