Pular para o conteúdo principal

FIM DA GUERRA NO MORRO DO ALEMÃO RIO DE JANEIRO - PAZ - O QUE ISSO REPRESENTA PARA AS CRIANÇAS

  Bom dia amigos, hoje quero parabenizar os militares que fizeram um brilhante trabalho, muito bem estruturado, organizado, um grande sucesso na guerra contra o tráfico. Sabemos que isso não resolve o problema das drogas no Rio e nem no Brasil, mas é sim uma primeira e muito importante vitória. 

E para as crianças que vivem nestas comunidades acho que é muito mais que um momento histórico... é uma troca de valores... Crianças e adolescentes que antes tinham na figura do Traficante, um herói, hoje vê no policial seu verdadeiro HERÓI. 

Isso também aumenta em muito a responsabilidade da figura do militar... pois eles agora passam a ser referencia de toda essa nova geração infantil... quantos desses garotos e garotas de comunidades e muitos que acompanharam pela TV neste momento sonham em ser um desses bravos guerreiros.

A todos esses agora "HERÓIS MILITARES BRASILEIROS" peço que lembrem-se de uma frase linda do Livro Pequeno Príncipe de Antoine de Saint-Exupéry: "És eternamente responsável por aquele que cativas!" 

Pensem nisso com muito carinho. Mais importante que recuperar o território para o Estado é o exemplo de vida, é ser referencia para todas essa nova geração.


Crianças cantam "Tropa de Elite" para policiais no Complexo do Alemão

Logo após o início da ocupação do Complexo do Alemão por policiais e soldados das Forças Armadas, em uma operação contra a onda de ataques ocorrida no Rio desde o último domingo, um grupo de crianças comemorava a ação cantando a música tema do "Tropa de Elite", da banda Tihuana.

Os três filhos de um porteiro morador da favela estavam na rua Joaquim de Queirós, localdefinido pelo comando da operação para que os criminosos que quiserem se entregar se apresentem. O filho mais velho tem 7 anos, e a mais nova, 4. Conforme os policiais e militares passavam, eles comemoravam cantando a música.









Comentários

Mensagem

Mensagem

Postagens mais visitadas deste blog

MINERAÇÃO ONÇA PUMA -OBRA 273 - OURILANDIA DO NORTE - PARÁ

MARÇO/2010 TRANSPORTADORES DE CORREIA -                VENTILADORES EM BAIXO DA GALERIA DREYER PRECIPITADORES SILOS DE PÓ, SILOS DE MINERIO SECO                                                                                                   CHAMINÉ GALPAO ESTOCAGEM DE EMERGENCIA DE MINERIO KILN LAVADOR DE GASES MÁQUINAS DE PÁTIO EMPILHADEIRA E RECUPERADORA MONTAGEM DO 4. PRECIPITADOR EM MONTAGEM PRECIPITADORES PRECIPITADORES SILOS DE PÓ, SILOS DE MINERIO SECO SISTEMA DE REFRIGERAÇÃO DE AGUA - ASPIRAL

CIRURGIA PARA VOLTAR A OUVIR - IMPLANTE COCLEAR

O MILAGRE DA AUDIÇÃO IMPLANTE COCLEAR OU "OUVIDO BIONICO" Crianças e adultos vítimas de surdez profunda e sem poder aquisitivo para bancar uma cirurgia corretiva podem ter esperanças de voltar a escutar. Basta que o implante coclear seja indicado para o seu tipo de problema. Isso por que o SUS (Sistema Único de Saúde) já oferece esse tipo de operação em hospitais de São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Rio Grande do Norte. Desde 1990, 700 pessoas já foram beneficiadas. Em breve, o Rio de Janeiro também entrará na lista com o credenciamento do Hospital Gafrée e Guinle pelo Ministério da Saúde. A cirurgia é indicada para pessoas que não podem usar aparelhos auditivos convencionais.“É um procedimento de alta complexidade e o Sistema Único de Saúde arca com os todos os custos”, explica o Dr. Fernando Portinho, otorrinolaringologista, professor da Escola de Medicina da UNIRIO (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro) e coordenador do projeto.O tratamento com

FAMILIA GUERARD, GHERARDI, GERARDI, GIRARDI

MINHA ÁRVORE GENEALÓGICA MEU NOME É MONIQUE, Meu tataravô ( LOURENÇO GHERARDI ) , minha tataravó ( ADELIA FERRAGATTI ) ele filho de ( LOURENÇO GHERARDI E DOROTEIA PERONO ), ela filha de ( GIACOMO FERRAGATTI E IRENE OZELIO) . meu bisavô materno ( LOURENçO FRANCISCO GHERARDI) e minha bisavó materna (VIRGINIA TAVARES ALBERGARIA GHERARDI ) , minha avó materna (ELZI GUERARDI NASCIMENTO) e meu avô materno (LUIZ GONZAGA DO NASCIMENTO), meus pais (MARIA DA GLORIA DO NASCIMENTO SOUZA e ADÃO HELIO DE SOUZA). Família Gerardi Em 06 de março de 1895 chegou ao porto de Santos, desembarcando do navio “ARNO” uma família vinda da região de Treviso, norte da Itália que se apresentou como  FAMÍLIA GIRARDI , mas por falha de grafia do oficial de registros da imigração o sobrenome passou a ser  GERARDI. Assim podemos considerar como origem da família o sobrenomeGIRARDI e a geração que que ficou no Estado de São Paulo, GERARDI. OLHA COMO É GRANDE A FAMILIA GUERARDI...  ESSES PARENTE