Pular para o conteúdo principal

SÓ HÁ DOIS TIPOS DE INTELIGÊNCIA

Professor Luiz Machado, Ph.D. - 10/11/2010

O cérebro é uno, dividido pela base em dois hemisférios, duas semiesferas, cada qual com suas funções específicas, com sua mente e seu tipo de inteligência, se só temos duas mentes, só podemos ter duas tipos de inteligência. Os outros, que alguns chamam de múltiplas inteligências, são, na verdade, habilidades dos dois reais tipos de inteligência.

Os dois tipos de inteligência são susceptíveis de serem desenvolvidos, um, com predominância das funções cognitivas, do intelecto; a saber: cognição, memória, produção convergente, produção divergente e avaliação, para ficarmos com o que ensinou J. P. Guilford sobre a estrutura do intelecto. A outra inteligência, nativa, que é um natural prolongamento dos instintos, também tem as funções necessárias à sobrevivência e procriação, dentro do maior objetivo da Natureza, que é a autopreservação e preservação da espécie. É claro que as funções cognitivas são funções para a sobrevivência e dependem, em primeiro lugar, da inteligência nativa.

Desde quando se iniciou o processo de avaliar a inteligência, no início do século XX (ou na China antiga, como se diz), depois para tentar medi-la, passou-se a considerar inteligência “aquilo que os testes de inteligência mediam”. De aí começou-se a fazer confusão entre inteligência e Q.I, o que nos levou a escrever o livro “Q. I. não é Inteligência”.

É claro que a inteligência tornada possível pelo intelecto (estruturas e circuitos cerebrais que a tornam possível) pode ser desenvolvida, como fazem muitos cursos e livros com essa finalidade (alguns de excelente qualidade), mas a outra inteligência, a verdadeira grande inteligência, a do sistema de autopreservação e preservação da espécie (SAPE), também precisa ser desenvolvida, havendo para isso uma sistematização de conhecimentos, com o nome de Emotologia.

A Emotologia (do latim “e(x)”, “para fora”, “motio” (Pronuncia-se /mócio/na pronúncia tradicional), do grego “-lógos”, “estudo de”, “tratado”, mais o sufixo “-ia”, formador de nomes de ciências. A Emotologia tem por objeto o desenvolvimento das potencialidades humanas como elemento de autorrealização; e a inteligência destaca-se dentre essas potencialidades.

Pelo que se disse acima, verifica-se que um programa para desenvolver a inteligência deve levar em conta os dois tipos, ou seus dois aspectos, porque a inteligência é uma, indivisível, mas apresenta duas faces. Ao mesmo tempo que vamos dar ênfase ao desenvolvimento das funções cognitivas, do intelecto, devemos também, ou prioritariamente, desenvolver as funções do hemisfério direito do cérebro, o qual, juntamente com o sistema glandular endócrino, é responsável pela inteligência nativa.

Os estudos mais divulgados no mundo sobre o ensino da inteligência são: -os de J. P. Guilford, com seus trabalhos sobre a estrutura do intelecto, tendo rompido, com seu livro “Way Beyond the IQ – A Guide do Improving Intelligence and Creativity”, de 1977, o tabu de que inteligência não se ensinava.

Outros estudos e aplicações sobre o ensino da inteligência são de Reuven Feuerstein, que criou a teoria da Modificabilidade Cognitiva Estrutural e a Teoria da Experiência da Aprendizagem Mediada, com o propósito de estimular as funções cognitivas.

Por fim, não obstante ser da máxima importância, quero citar o excepcional trabalho de Albert Upton, especialmente o mais importante de seus livros, “Design for Thinking – A First Book in Semantics”, 1973, em que mostra o papel da linguagem conceitual no desenvolvimento da inteligência, teoria que reputamos da maior utilidade no ensino da inteligência.Apesar de serem trabalhos de grande contribuição para o ensino da inteligência e da criatividade, eles não abordam o aspecto da inteligência natural, o que fazemos com a Emotologia

Professor Luiz Machado, Ph.D.
Cientista Fundador da Cidade do Cérebro®
Mentor da Emotologia.

Comentários

Mensagem

Mensagem

Postagens mais visitadas deste blog

TATUAGEM NATURAL QUE DURA 5 ANOS

ADOREI ESSA NOVIDADE

Ontem aprendi com uma coordenadora da escola uma coisa super legal. Ela me contou que na sua adolescencia fez uma tatuagem natural que durou 5 anos!!!





Isso mesmo!!! Aqui nessa região eles usam um líquido da castanha do Caju para fazer tatuagem. Fica por 5 anos e depois desaparece.
Funciona dessa maneira . . .
A castanha contém um óleo-resina cáustica, conhecido como LCC (líquido da castanha de caju). A composição do LCC é principalmente de ácido anacárdico, cardol (11,31%) e seus derivados. Dentro da castanha é que se encontra a amêndoa oleaginosa, comestível, conhecida e comercializada como castanha de caju.

O LCC causa forte irritação na pele, deixando cicatrizes quase indeléveis que jovens usam para fazer um tipo primitivo de tatuagem. O LCC espesso é de cor escura, tem uso popular para verrugas, calos, edemas, manchas na pele e tecidos de neoformação.

O uso em estado fresco do fruto (castanha) pode provocar lesões na pele, pois é terrivelmente cáustico. Quando as …

BIOGRAFIA RICARDO NUNES - O DONO DA RICARDO ELETRO

UMA HISTÓRIA EMOCIONANTE E VITORIOSA

Hoje eu quero comentar uma história de vida que assisti no Caldeirão do Huck nessa semana. Foi a história de mais um mineiro que acreditou no seu sonho, lutou muito e hoje é um vencedor, sem contudo perder a humildade.


O nome dessa pessoa que aprendi a admirar é Ricardo Nunes.

RICARDO nasceu em Divinópolis - Minas Gerais, em menos de duas décadas, Nunes partiu do ponto zero -- zero mesmo -- para tornar-se dono de uma das dez maiores redes de lojas de varejo do país. Sua trajetória empreendedora começou cedo e teve profunda influência de seu pai, um comerciante de bijuterias. "Meu pai morreu quando eu era criança", diz Nunes, o segundo de quatro filhos. Aos 12 anos após perder o pai Ricardo tinha que ajudar a mãe a cuidar dos irmãos, e por isso começou a vender as mexericas do sitio.
Ia vender perto das escolas e descobriu que gritando, vendia mais. Logo começaram a aparecer outras crianças vendendo perto dele, e então ele aprendeu que precis…

"O Aplicativo Launcher (com.wmt.launcher) parou inesperadamente. Tente novamente" Como resolver esse problema.

Amigos, ha uns dias o Tablet do meu filho começou a aparecer essa mensagem: "O Aplicativo Launcher (com.wmt.launcher) parou inesperadamente. Tente novamente" Clicava na única opção: "Forçar fechamento". Ele fecha a mensagem e ela tornava a aparecer. E isso se repetia. Levei em técnicos de informática e fui informada que deveria procurar as lojas especializadas em celular. Que a unica opção seria reinstalar o sistema Android e que o preço ficaria em mais ou menos 120,00. 
Depois de muito pesquisar encontrei a solução e relativamente fácil. 
Logo ao ligar você recebe a mensagem, então clica em tente novamente e rapidamente para zerar as infos do Launcher, clique no lado esquerdo da tela, ícone de uma casa e fique com o dedo em cima segurando ate aparecer algo, clique em running task, clique em all ,click no icone de casa vermelha "LAUNCHER", clique em limpar dados, ok. Pronto! Espero que ajude!
Funcionou perfeitamente. Uma economia significativa não é... tá n…