Pular para o conteúdo principal

LEI DA PALMADA - LEI MENINO BERNARDO

Bom dia amigos, tenho recebido muitas mensagens por e-mail para dar minha opinião como mãe e educadora sobre essa lei.  Bom, primeiramente devo dizer que sou totalmente contra agressões. Já ouvi de tudo, que quem não castiga o filho depois vai buscá-lo na cadeia, que bater faz parte de educar, que umas palmadas não doem.... 

Mas devo dizer que não concordo com nada disso, e sabem porque? Porque se vocês pesquisarem em uma cadeia, vão ver que todos os que estão presos já apanharam e muito. Se for nas clinicas de reabilitação poderão constatar que todos já receberam castigos severos de seus pais....e aí a pergunta é simples, o que faltou a todos eles? Uma palavra pequena mas com tanto significado AMOR. Não que os pais ou a família não o amassem. Mas não conseguiram expressar esse amor. 

Muitos vão me dizer, mas se você mimar demais, não corrigir a criança não aprende. Também concordo. Só que sou a favor do dizer NÃO mas mostrar o PORQUÊ.  Educar dá trabalho. E a maioria dos pais não está disposto a ter este trabalho. É mais fácil bater, dar umas palmadas, gritar, fazer barulho, do que PARAR... OLHAR NOS OLHOS, EXPLICAR O MOTIVO, MOSTRAR EXEMPLOS. A frase mais sábia que já ouvi foi : "As palavras convencem mas os exemplos arrastam."

Por exemplo: Quando nosso filho tinha 6 anos ele acendeu um palito de fosforo e colocou no varal, queimou o dedinho... eu poderia ter dado um tapa na mão e pronto. Mas preferi o método mais eficaz e trabalhoso. Procurei na cidade onde eu morava uma pessoa com queimaduras graves e pedi a gentileza de mostrar para ele o que tinha acontecido... na hora ele chorou muito, me abraçou e jamais voltou a fazer nada parecido. Hoje ele com 14 anos já prepara algumas de suas refeições mas sempre com cuidado, é o primeiro a preocupar em verificar o gás antes de acender uma lampada, antes de sair de casa, etc.

Na entrada da adolescência ao invés de dizer  que se ele experimentasse bebida, cigarro ou drogas eu o colocaria pra fora de casa ou lhe daria uma surra, levei ele para conversar com pessoas que estavam em tratamento contra o uso das drogas, para ele ver onde isso leva as pessoas, a reação que provoca e tudo o que elas perderam... 

Outra coisa que constatei com minhas pesquisas: Vocês que neste momento estão lendo este texto e me criticando... coloquem bem a mão na consciência e façam um teste simples, mas tem que ser sincero(a) com você mesmo.... "Você acorda, a pessoa que você mais ama te diz que te ama, você vai para o trabalho e recebe uma promoção, o transito está uma maravilha, enfim teve um dia maravilhoso chega em casa e seu filho(a) desenhou na sua parede nova uma coisa pra você.... qual a sua reação? Bom, você pode chamar a atenção dele, mas tudo bem, seu dia tá ótimo e a parede dá pra limpar.  Agora imagina o contrário... você acordou e brigou com o seu companheiro(a) que chegou fora do horário, foi para o trabalho o pneu furou, levou a maior bronca do seu patrão pelo atraso, na volta tudo congestionado, chegou em casa e encontrou seu filho(a) desenhando na parede, o que você faz? Vai bater, vai gritar, enfim... sua intensão na verdade não é a de educar mas ele(a) vai acabar sendo sua válvula de escape. Isso pra mim não é educação.

As pessoas dizem que estão educando como uma desculpa para a própria consciência . Aí outro dia eu ouvi uma pessoa me dizer: "Eu quero que quando ele crescer lembre-se das palmadas que levou e que o pai o educou". Me desculpe mas não quero que meu filho no futuro lembre de mim deste jeito. Quero que lembre-se de como foi amado. Lembre-se que os pais dele dariam a vida por ele se necessário. 

Educar é preciso, aqui em casa sempre seguimos as técnicas de uma super educadora no meu ponto de vista que é a Supernanny. Estabelecemos limites, olhando sempre nos olhos, punindo sem violência, e premiando sempre as vitórias. Isso é outro ponto que acho super importante, muitos pais acham que só deve corrigir as falhas e que acertar é mais que obrigação, e não  é assim. Somos humanos e adoramos ser elogiados, isso acontece com as crianças. Elas gostam de chamar a atenção dos pais, gostam de ser notados e quando fazem alguma coisa certo e são elogiados vão fazer ainda melhor porque o elogio traz uma sensação muito prazerosa e nos traz a necessidade até física de senti-la novamente. 

Agora a palmada... bom na verdade acho que ela ensina muita coisa sim. E a primeira delas é que para não ganhar outra palmada o ideal é fazer escondido da próxima vez.

Comentários

Mensagem

Mensagem

Postagens mais visitadas deste blog

Bodas de Rosas - 17 anos de Casamento

Meu amor, hoje estamos de parabéns e celebrando 17 anos de união. Foi diante de Deus que prometemos amor e fidelidade e é diante d'Ele que todos os dias honramos nossas promessas e esta linda união por Ele abençoada. Com você e nosso filho a vida é o mais apaixonante dos desafios, e não existem obstáculos difíceis demais ou impossíveis de ultrapassar. A Deus agradeço a incrível bênção que recebi no dia em que conheci você e em nossos corações nasceu a chama do amor mais puro e sincero. Que nosso caminho seja longo e maravilhoso e que em cada novo dia juntos renovemos os bons sentimentos em nossos corações. Que Deus nos conceda muitos anos de vida compartilhada e que entre nossa família, sempre reinem a harmonia, a amizade, o companheirismo e o amor, como até agora. Eu te amo, muito!

BIOGRAFIA RICARDO NUNES - O DONO DA RICARDO ELETRO

UMA HISTÓRIA EMOCIONANTE E VITORIOSA

Hoje eu quero comentar uma história de vida que assisti no Caldeirão do Huck nessa semana. Foi a história de mais um mineiro que acreditou no seu sonho, lutou muito e hoje é um vencedor, sem contudo perder a humildade.


O nome dessa pessoa que aprendi a admirar é Ricardo Nunes.

RICARDO nasceu em Divinópolis - Minas Gerais, em menos de duas décadas, Nunes partiu do ponto zero -- zero mesmo -- para tornar-se dono de uma das dez maiores redes de lojas de varejo do país. Sua trajetória empreendedora começou cedo e teve profunda influência de seu pai, um comerciante de bijuterias. "Meu pai morreu quando eu era criança", diz Nunes, o segundo de quatro filhos. Aos 12 anos após perder o pai Ricardo tinha que ajudar a mãe a cuidar dos irmãos, e por isso começou a vender as mexericas do sitio.
Ia vender perto das escolas e descobriu que gritando, vendia mais. Logo começaram a aparecer outras crianças vendendo perto dele, e então ele aprendeu que precis…

TATUAGEM NATURAL QUE DURA 5 ANOS

ADOREI ESSA NOVIDADE

Ontem aprendi com uma coordenadora da escola uma coisa super legal. Ela me contou que na sua adolescencia fez uma tatuagem natural que durou 5 anos!!!





Isso mesmo!!! Aqui nessa região eles usam um líquido da castanha do Caju para fazer tatuagem. Fica por 5 anos e depois desaparece.
Funciona dessa maneira . . .
A castanha contém um óleo-resina cáustica, conhecido como LCC (líquido da castanha de caju). A composição do LCC é principalmente de ácido anacárdico, cardol (11,31%) e seus derivados. Dentro da castanha é que se encontra a amêndoa oleaginosa, comestível, conhecida e comercializada como castanha de caju.

O LCC causa forte irritação na pele, deixando cicatrizes quase indeléveis que jovens usam para fazer um tipo primitivo de tatuagem. O LCC espesso é de cor escura, tem uso popular para verrugas, calos, edemas, manchas na pele e tecidos de neoformação.

O uso em estado fresco do fruto (castanha) pode provocar lesões na pele, pois é terrivelmente cáustico. Quando as …