Pular para o conteúdo principal

LEI DA PALMADA - LEI MENINO BERNARDO

Bom dia amigos, tenho recebido muitas mensagens por e-mail para dar minha opinião como mãe e educadora sobre essa lei.  Bom, primeiramente devo dizer que sou totalmente contra agressões. Já ouvi de tudo, que quem não castiga o filho depois vai buscá-lo na cadeia, que bater faz parte de educar, que umas palmadas não doem.... 

Mas devo dizer que não concordo com nada disso, e sabem porque? Porque se vocês pesquisarem em uma cadeia, vão ver que todos os que estão presos já apanharam e muito. Se for nas clinicas de reabilitação poderão constatar que todos já receberam castigos severos de seus pais....e aí a pergunta é simples, o que faltou a todos eles? Uma palavra pequena mas com tanto significado AMOR. Não que os pais ou a família não o amassem. Mas não conseguiram expressar esse amor. 

Muitos vão me dizer, mas se você mimar demais, não corrigir a criança não aprende. Também concordo. Só que sou a favor do dizer NÃO mas mostrar o PORQUÊ.  Educar dá trabalho. E a maioria dos pais não está disposto a ter este trabalho. É mais fácil bater, dar umas palmadas, gritar, fazer barulho, do que PARAR... OLHAR NOS OLHOS, EXPLICAR O MOTIVO, MOSTRAR EXEMPLOS. A frase mais sábia que já ouvi foi : "As palavras convencem mas os exemplos arrastam."

Por exemplo: Quando nosso filho tinha 6 anos ele acendeu um palito de fosforo e colocou no varal, queimou o dedinho... eu poderia ter dado um tapa na mão e pronto. Mas preferi o método mais eficaz e trabalhoso. Procurei na cidade onde eu morava uma pessoa com queimaduras graves e pedi a gentileza de mostrar para ele o que tinha acontecido... na hora ele chorou muito, me abraçou e jamais voltou a fazer nada parecido. Hoje ele com 14 anos já prepara algumas de suas refeições mas sempre com cuidado, é o primeiro a preocupar em verificar o gás antes de acender uma lampada, antes de sair de casa, etc.

Na entrada da adolescência ao invés de dizer  que se ele experimentasse bebida, cigarro ou drogas eu o colocaria pra fora de casa ou lhe daria uma surra, levei ele para conversar com pessoas que estavam em tratamento contra o uso das drogas, para ele ver onde isso leva as pessoas, a reação que provoca e tudo o que elas perderam... 

Outra coisa que constatei com minhas pesquisas: Vocês que neste momento estão lendo este texto e me criticando... coloquem bem a mão na consciência e façam um teste simples, mas tem que ser sincero(a) com você mesmo.... "Você acorda, a pessoa que você mais ama te diz que te ama, você vai para o trabalho e recebe uma promoção, o transito está uma maravilha, enfim teve um dia maravilhoso chega em casa e seu filho(a) desenhou na sua parede nova uma coisa pra você.... qual a sua reação? Bom, você pode chamar a atenção dele, mas tudo bem, seu dia tá ótimo e a parede dá pra limpar.  Agora imagina o contrário... você acordou e brigou com o seu companheiro(a) que chegou fora do horário, foi para o trabalho o pneu furou, levou a maior bronca do seu patrão pelo atraso, na volta tudo congestionado, chegou em casa e encontrou seu filho(a) desenhando na parede, o que você faz? Vai bater, vai gritar, enfim... sua intensão na verdade não é a de educar mas ele(a) vai acabar sendo sua válvula de escape. Isso pra mim não é educação.

As pessoas dizem que estão educando como uma desculpa para a própria consciência . Aí outro dia eu ouvi uma pessoa me dizer: "Eu quero que quando ele crescer lembre-se das palmadas que levou e que o pai o educou". Me desculpe mas não quero que meu filho no futuro lembre de mim deste jeito. Quero que lembre-se de como foi amado. Lembre-se que os pais dele dariam a vida por ele se necessário. 

Educar é preciso, aqui em casa sempre seguimos as técnicas de uma super educadora no meu ponto de vista que é a Supernanny. Estabelecemos limites, olhando sempre nos olhos, punindo sem violência, e premiando sempre as vitórias. Isso é outro ponto que acho super importante, muitos pais acham que só deve corrigir as falhas e que acertar é mais que obrigação, e não  é assim. Somos humanos e adoramos ser elogiados, isso acontece com as crianças. Elas gostam de chamar a atenção dos pais, gostam de ser notados e quando fazem alguma coisa certo e são elogiados vão fazer ainda melhor porque o elogio traz uma sensação muito prazerosa e nos traz a necessidade até física de senti-la novamente. 

Agora a palmada... bom na verdade acho que ela ensina muita coisa sim. E a primeira delas é que para não ganhar outra palmada o ideal é fazer escondido da próxima vez.

Comentários

Mensagem

Mensagem

Postagens mais visitadas deste blog

TATUAGEM NATURAL QUE DURA 5 ANOS

ADOREI ESSA NOVIDADE

Ontem aprendi com uma coordenadora da escola uma coisa super legal. Ela me contou que na sua adolescencia fez uma tatuagem natural que durou 5 anos!!!





Isso mesmo!!! Aqui nessa região eles usam um líquido da castanha do Caju para fazer tatuagem. Fica por 5 anos e depois desaparece.
Funciona dessa maneira . . .
A castanha contém um óleo-resina cáustica, conhecido como LCC (líquido da castanha de caju). A composição do LCC é principalmente de ácido anacárdico, cardol (11,31%) e seus derivados. Dentro da castanha é que se encontra a amêndoa oleaginosa, comestível, conhecida e comercializada como castanha de caju.

O LCC causa forte irritação na pele, deixando cicatrizes quase indeléveis que jovens usam para fazer um tipo primitivo de tatuagem. O LCC espesso é de cor escura, tem uso popular para verrugas, calos, edemas, manchas na pele e tecidos de neoformação.

O uso em estado fresco do fruto (castanha) pode provocar lesões na pele, pois é terrivelmente cáustico. Quando as …

BIOGRAFIA RICARDO NUNES - O DONO DA RICARDO ELETRO

UMA HISTÓRIA EMOCIONANTE E VITORIOSA

Hoje eu quero comentar uma história de vida que assisti no Caldeirão do Huck nessa semana. Foi a história de mais um mineiro que acreditou no seu sonho, lutou muito e hoje é um vencedor, sem contudo perder a humildade.


O nome dessa pessoa que aprendi a admirar é Ricardo Nunes.

RICARDO nasceu em Divinópolis - Minas Gerais, em menos de duas décadas, Nunes partiu do ponto zero -- zero mesmo -- para tornar-se dono de uma das dez maiores redes de lojas de varejo do país. Sua trajetória empreendedora começou cedo e teve profunda influência de seu pai, um comerciante de bijuterias. "Meu pai morreu quando eu era criança", diz Nunes, o segundo de quatro filhos. Aos 12 anos após perder o pai Ricardo tinha que ajudar a mãe a cuidar dos irmãos, e por isso começou a vender as mexericas do sitio.
Ia vender perto das escolas e descobriu que gritando, vendia mais. Logo começaram a aparecer outras crianças vendendo perto dele, e então ele aprendeu que precis…

"O Aplicativo Launcher (com.wmt.launcher) parou inesperadamente. Tente novamente" Como resolver esse problema.

Amigos, ha uns dias o Tablet do meu filho começou a aparecer essa mensagem: "O Aplicativo Launcher (com.wmt.launcher) parou inesperadamente. Tente novamente" Clicava na única opção: "Forçar fechamento". Ele fecha a mensagem e ela tornava a aparecer. E isso se repetia. Levei em técnicos de informática e fui informada que deveria procurar as lojas especializadas em celular. Que a unica opção seria reinstalar o sistema Android e que o preço ficaria em mais ou menos 120,00. 
Depois de muito pesquisar encontrei a solução e relativamente fácil. 
Logo ao ligar você recebe a mensagem, então clica em tente novamente e rapidamente para zerar as infos do Launcher, clique no lado esquerdo da tela, ícone de uma casa e fique com o dedo em cima segurando ate aparecer algo, clique em running task, clique em all ,click no icone de casa vermelha "LAUNCHER", clique em limpar dados, ok. Pronto! Espero que ajude!
Funcionou perfeitamente. Uma economia significativa não é... tá n…