Pular para o conteúdo principal

AULA 2- GESTÃO DA QUALIDADE - SISTEMAS DA QUALIDADE

Vamos considerar como sistema da qualidade, um direcionamento que se é dado para que a empresa cumpra requisitos em busca da excelência da qualidade em: 

• Processos 

• Produtos 

• Satisfação do cliente 

• Gestão interna 

• Envolvimento dos funcionários – os funcionários gostam de estar envolvidos no processo de implantação, por isso oriente, conscientize, motive. 

A implantação do Sistema de Qualidade leva em média de 6 meses a 1 ano – é inevitável que funcionários se destaquem dentro da empresa, é importante buscar aqueles que tem maior potencial. Saber quais os funcionários serão auditores e não permitir que eles levem para o lado pessoal, é preciso tomar muito cuidado nesta escolha. 

8 Princípios da Qualidade 

1- Foco no cliente – o Cliente tem que ser valorizado. 

2- Liderança – Vocês precisam criar líderes na empresa. Eles vão dar o sucesso a ISO. 

3- Envolvimento das pessoas 

4- Abordagem do processo – Todos os departamentos tem atividades especificas, toda empresa é um processo e só vai funcionar se esses processos estiverem alinhados. 

5- Abordagem do sistema 

6- Melhoria contínua – a empresa precisa sempre melhorar seus sistemas. 

7- Tomada de decisões baseada em fatos – a importância dada em medições, dados quantitativos e qualitativos. Medir os processos e tomar decisões em cima de fatos. 

8- Benefícios mútuos. Valorizar o processo junto ao seu fornecedor. O fornecedor é um parceiro da empresa. 


Hoje em dia, estamos vivenciando um cenário em que a qualidade não significa apenas controle de produção, ou a qualidade inerente de bens e serviços, ou o uso de ferramentas e métodos de gestão, ou mesmo uma assistência técnica adequada. Ampliando o entendimento, o conceito de qualidade total ou gestão de qualidade passou a significar um modelo de gerenciamento que busca a eficiência e a eficácia das organizações. O fato é que a gestão da qualidade influencia o ser humano em sua maneira de pensar e agir, pois compreende uma visão macro da existência humana (MARSHALL JUNIOR et al., 2006). 

O TQC (TOTAL QUALIT CONTROL) - Originou o controle para gestão e posteriormente o conceito de gestão da qualidade total (GQT). 



GQT – possibilitam as organizações superarem as crises, pois permite contornar os problemas através da criatividade e comprometimento dos trabalhadores. 




ISO 9000 – um dos maiores parâmetros para a Gestão da Qualidade são as normas ISO 9000 que é um conjunto de normas e diretrizes internacionais para sistemas de Gestão da Qualidade. Desde a primeira publicação em 1987, ela tem obtido reputação mundial como a base para estabelecimento de sistemas de gestão da qualidade. 

A norma ISO 9001, assim como a ISO 14001, são conhecidas como normas genéricas de sistemas de gestão, sendo que, segundo Mello (2008): 

ƒ Genérico: significa que a mesma norma pode ser aplicada a qualquer tipo de organização, grande ou pequena, seja qual for seu produto, inclusive quando ela é, na verdade, um serviço, em qualquer setor de atividade e seja qual for seu meio de negócio, podendo ser uma administração pública ou um departamento do governo; 

ƒSistema de gestão: refere-se a tudo o que a organização faz para gerenciar seus processos e atividades. Direcionado pelo consultor ele orienta, vai direcionar a empresa como instituir o sistema de qualidade, a importância da documentação, implementar, manter e melhorar. 

Requisitos Gerais - Estabelece que a empresa deve: 

• Instituir 
• Documentar 
• Implementar 
• Manter e melhorar continuamente A eficácia de um sistema de gestão da qualidade De acordo com os requisitos desta Norma. 

Requisitos da Documentação - • Este é um dos principais requisitos pois recomenda a instituição de como proceder em relação aos mesmos . Antes porém é importante conhecer a hierarquia destes documentos 

1. Manual da Qualidade, Políticas e Objetivos 
2. Procedimentos 
3. Instruções, rotinas,... 
4. Registros da Qualidade


1° Nível –Estratégico-  documentos que envolvem diretoria e gerência. 
Manual da Qualidade – Fica arquivado na alta gerência mas todos tem acesso. Geralmente é feito por ultimo. 
Política de Qualidade – teórica, muita cobrança, pouca funcionalidade. 
Objetivo da Qualidade – Varia de empresa para empresa. Resultados mais impactantes. 

2° nível- Tático-  responsabilidade da gerência 
Procedimentos – documentos um pouco mais amplos. 

3° nível – técnicos 
Instruções , rotinas, planilhas.

Evidencias Probatórias – registros. 

Depois de fazer a documentação é importante 2 pontos: 

Controle de Documentos  - Este é um dos mais significativos requisitos pois o mesmo direciona a empresa a manter a documentação correta, Atualizada, Em todos os departamentos, Definindo as responsabilidades pela aprovação e circulação dos mesmos.

Controle dos Registros da Qualidade - Este requisito estabelece conceitos como: 

• Identificação 
• Armazenamento 
• Proteção 
• Recuperação 
• Tempo de retenção 
• E descarte 
• De todos os documentos da Qualidade (não só os registros) 

Responsabilidade da Direção - Este item estabelece uma série de decisões que envolvem os níveis Estratégicos e Táticos da Empresa . Co-responsabiliza a Alta Direção a participar ativamente do processos do Sistema da Qualidade 

O Comprometimento da Direção, é um item bem óbvio pois estabelece que a Alta Direção da empresa deve além de se comprometer com o SGQ, atribui responsabilidades aos mesmo no processo que envolve este mesmo sistema. 

Foco no cliente, também envolve a responsabilidade da Alta Administração em assegurar a qualidade ao cliente final 

Política da Qualidade, sugere que a empresa crie uma política com objetivos e metas ara a realização de resultados. Geralmente a política estabelece conceitos que envolvem o cliente, os funcionários, o produto e o processo, a sociedade como um todo e a sustentabilidade 

Planejamento, envolve os objetivos e o planejamento da qualidade  - Determina quais são os parâmetros de qualidade 

Responsabilidade, autoridade e comunicação, sugere que a empresa crie formas de responsabilizar os funcionários (conforme o seu grau de importância na empresa) 

Comunicar de forma clara as informações pertinentes ao sistema de gestão - É neste item também que se propõe a nomeação do Representante da Qualidade, O mesmo tem autoridade para gerenciar e cobrar todo o funcionamento do sistema 

Análise Crítica da Direção, sugere que a alta direção, junto aos seus líderes façam reuniões periódicas para avaliar o SGQ 

Entende-se como entrada todas as informações para a tratativa do problema (reclamações, indicadores,...) 

E saídas são as responsabilidades e metas estabelecidas para a melhoria dos problemas relacionados 

Gestão de Recursos - Este item também envolve em grande parte a atuação da Alta Administração 

Envolve 4 requisitos básicos, sendo: 
  • Provisão de recursos - Contempla a necessidade de prover recursos para o funcionamento do SGQ e a melhoria continua. 
  • Recursos humanos - Envolve principalmente conceitos sobre capacitação e treinamento dos funcionários. |Tem responsabilidades das áreas que os funcionários atuam + RH da empresa. 
  • Infraestrutura - aborda aspectos voltados à estrutura física adequada da organização (equipamentos, instalações, ferramental,...) 
  • Ambiente de trabalho - Este item foi um dos que sofreram alterações na interpretação do mesmo (versão 2008). Contempla que a empresa deve dar um ambiente adequado de trabalho (ventilação, luminosidade, ruído, higiene, segurança,...). Para o bem estar do funcionário e para a realização de suas atividades.
Apostila Engenharia Módulo1, Slides, Aulas presenciais, explicações.

Comentários

Anônimo disse…
Muito bom parabéns

Mensagem

Mensagem

Postagens mais visitadas deste blog

MINERAÇÃO ONÇA PUMA -OBRA 273 - OURILANDIA DO NORTE - PARÁ

MARÇO/2010 TRANSPORTADORES DE CORREIA -                VENTILADORES EM BAIXO DA GALERIA DREYER PRECIPITADORES SILOS DE PÓ, SILOS DE MINERIO SECO                                                                                                   CHAMINÉ GALPAO ESTOCAGEM DE EMERGENCIA DE MINERIO KILN LAVADOR DE GASES MÁQUINAS DE PÁTIO EMPILHADEIRA E RECUPERADORA MONTAGEM DO 4. PRECIPITADOR EM MONTAGEM PRECIPITADORES PRECIPITADORES SILOS DE PÓ, SILOS DE MINERIO SECO SISTEMA DE REFRIGERAÇÃO DE AGUA - ASPIRAL

CIRURGIA PARA VOLTAR A OUVIR - IMPLANTE COCLEAR

O MILAGRE DA AUDIÇÃO IMPLANTE COCLEAR OU "OUVIDO BIONICO" Crianças e adultos vítimas de surdez profunda e sem poder aquisitivo para bancar uma cirurgia corretiva podem ter esperanças de voltar a escutar. Basta que o implante coclear seja indicado para o seu tipo de problema. Isso por que o SUS (Sistema Único de Saúde) já oferece esse tipo de operação em hospitais de São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Rio Grande do Norte. Desde 1990, 700 pessoas já foram beneficiadas. Em breve, o Rio de Janeiro também entrará na lista com o credenciamento do Hospital Gafrée e Guinle pelo Ministério da Saúde. A cirurgia é indicada para pessoas que não podem usar aparelhos auditivos convencionais.“É um procedimento de alta complexidade e o Sistema Único de Saúde arca com os todos os custos”, explica o Dr. Fernando Portinho, otorrinolaringologista, professor da Escola de Medicina da UNIRIO (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro) e coordenador do projeto.O tratamento com

FAMILIA GUERARD, GHERARDI, GERARDI, GIRARDI

MINHA ÁRVORE GENEALÓGICA MEU NOME É MONIQUE, Meu tataravô ( LOURENÇO GHERARDI ) , minha tataravó ( ADELIA FERRAGATTI ) ele filho de ( LOURENÇO GHERARDI E DOROTEIA PERONO ), ela filha de ( GIACOMO FERRAGATTI E IRENE OZELIO) . meu bisavô materno ( LOURENçO FRANCISCO GHERARDI) e minha bisavó materna (VIRGINIA TAVARES ALBERGARIA GHERARDI ) , minha avó materna (ELZI GUERARDI NASCIMENTO) e meu avô materno (LUIZ GONZAGA DO NASCIMENTO), meus pais (MARIA DA GLORIA DO NASCIMENTO SOUZA e ADÃO HELIO DE SOUZA). Família Gerardi Em 06 de março de 1895 chegou ao porto de Santos, desembarcando do navio “ARNO” uma família vinda da região de Treviso, norte da Itália que se apresentou como  FAMÍLIA GIRARDI , mas por falha de grafia do oficial de registros da imigração o sobrenome passou a ser  GERARDI. Assim podemos considerar como origem da família o sobrenomeGIRARDI e a geração que que ficou no Estado de São Paulo, GERARDI. OLHA COMO É GRANDE A FAMILIA GUERARDI...  ESSES PARENTE