Pular para o conteúdo principal

JOVENS ILUSTRADORES EM OURILANDIA DO NORTE

Pasta, lápis grafite, compasso, pincel, tinta e uma folha de papel em mãos, esses são os materiais recebidos pelos alunos de Ourilandia do Norte, no Pará, que tiveram a primeira aula de ilustração botânica nesta quinta- feira dia 27 na ESCOLA MUNICIPAL PROFESSORA ANTÔNIA BORGES.

Os jovens, do 8° e 9°ano , concorrem com outros alunos de 17 cidades brasileiras onde a Vale atua para fazer o selo da segunda edição do prêmio Brasileiro Imortal, em que cada nova espécie de planta descoberta na Reserva Florestal de Linhares (ES) ganhará o nome de uma personalidade.
As aulas estão sendo ministradas pela ilustradora botânica e paisagista Dulce Nascimento, discípula da inglesa Margaret Mee. Ela é a coordenadora do projeto, reconhecida no exterior pela qualidade dos seus trabalhos.

O encerramento da oficina de Arte será amanhã, sábado(29) , às 16h, na Escola Municipal Professora Antônia Borges, no Setor Dra. Márcia Veloso. Estiveram presentes na abertura do evento a secretária de educação Raimunda Craveiro, o representante da Vale Pedro Scaldini, a Supervisora da Escola Waldelice, as coordenadora Selma e Ana, o diretor Deuseval, os Assessores de imprensa da Vale Alexandre e Bárbara e a ilustradora Dulce Nascimento. Além dos alunos da escola e do municipio estão participando da oficina as professoras da Escola Antônia Borges: Penha, Janaína e Sandra. É maravilhoso, tanto para a cidade quanto para os alunos, receber um projeto como o Jovens Ilustradores. Os estudantes, ainda adolescentes, estão com uma oportunidade única, e devem aproveitá-la da melhor maneira possível.

Esta oficina será um marco na vida deles, que, quem sabe, podem se descobrir nas artes plásticas ou num trabalho botânico científico . Como foi muito bem colocado durante a abertura do evento, Ourilandia do Norte já tem um representante no Clube do Cruzeiro, em Minas Gerais na seleção sub 17 e agora também convocado para a seleção brasileira sub 17. Provavelmente nesta oficina revelaremos novos talentos de Ourilandia para o Brasil. i que através deste projeto estaremos abrindo aos jovens um olhar diferenciado para as questões ambientais, e a preservação da Floresta Amazônica. Observei durante o evento o empenho dos jovens que poderiam estar em qualquer lugar, mas estão na sala de aula porque têm um objetivo, um sonho. É encantador observar a dedicação deles. Mesmo que não sejam os finalistas, já são vencedores, eles estão dando o primeiro passo para serem bons profissionais Desejo boa sorte a todos os participantes Ourilandenses, e mesmo sendo mineira quero que saibam que estou torcendo por vocês. Ourilandia me recebeu de braços abertos e estou feliz e honrada por estar presente neste momento tão importante.

Comentários

Unknown disse…
aa eu amo essa cidade ♥
Unknown disse…
minha cidaade *-*'
by ; Lais Gomes ,'

Mensagem

Mensagem

Postagens mais visitadas deste blog

MINERAÇÃO ONÇA PUMA -OBRA 273 - OURILANDIA DO NORTE - PARÁ

MARÇO/2010 TRANSPORTADORES DE CORREIA -                VENTILADORES EM BAIXO DA GALERIA DREYER PRECIPITADORES SILOS DE PÓ, SILOS DE MINERIO SECO                                                                                                   CHAMINÉ GALPAO ESTOCAGEM DE EMERGENCIA DE MINERIO KILN LAVADOR DE GASES MÁQUINAS DE PÁTIO EMPILHADEIRA E RECUPERADORA MONTAGEM DO 4. PRECIPITADOR EM MONTAGEM PRECIPITADORES PRECIPITADORES SILOS DE PÓ, SILOS DE MINERIO SECO SISTEMA DE REFRIGERAÇÃO DE AGUA - ASPIRAL

CIRURGIA PARA VOLTAR A OUVIR - IMPLANTE COCLEAR

O MILAGRE DA AUDIÇÃO IMPLANTE COCLEAR OU "OUVIDO BIONICO" Crianças e adultos vítimas de surdez profunda e sem poder aquisitivo para bancar uma cirurgia corretiva podem ter esperanças de voltar a escutar. Basta que o implante coclear seja indicado para o seu tipo de problema. Isso por que o SUS (Sistema Único de Saúde) já oferece esse tipo de operação em hospitais de São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Rio Grande do Norte. Desde 1990, 700 pessoas já foram beneficiadas. Em breve, o Rio de Janeiro também entrará na lista com o credenciamento do Hospital Gafrée e Guinle pelo Ministério da Saúde. A cirurgia é indicada para pessoas que não podem usar aparelhos auditivos convencionais.“É um procedimento de alta complexidade e o Sistema Único de Saúde arca com os todos os custos”, explica o Dr. Fernando Portinho, otorrinolaringologista, professor da Escola de Medicina da UNIRIO (Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro) e coordenador do projeto.O tratamento com

FAMILIA GUERARD, GHERARDI, GERARDI, GIRARDI

MINHA ÁRVORE GENEALÓGICA MEU NOME É MONIQUE, Meu tataravô ( LOURENÇO GHERARDI ) , minha tataravó ( ADELIA FERRAGATTI ) ele filho de ( LOURENÇO GHERARDI E DOROTEIA PERONO ), ela filha de ( GIACOMO FERRAGATTI E IRENE OZELIO) . meu bisavô materno ( LOURENçO FRANCISCO GHERARDI) e minha bisavó materna (VIRGINIA TAVARES ALBERGARIA GHERARDI ) , minha avó materna (ELZI GUERARDI NASCIMENTO) e meu avô materno (LUIZ GONZAGA DO NASCIMENTO), meus pais (MARIA DA GLORIA DO NASCIMENTO SOUZA e ADÃO HELIO DE SOUZA). Família Gerardi Em 06 de março de 1895 chegou ao porto de Santos, desembarcando do navio “ARNO” uma família vinda da região de Treviso, norte da Itália que se apresentou como  FAMÍLIA GIRARDI , mas por falha de grafia do oficial de registros da imigração o sobrenome passou a ser  GERARDI. Assim podemos considerar como origem da família o sobrenomeGIRARDI e a geração que que ficou no Estado de São Paulo, GERARDI. OLHA COMO É GRANDE A FAMILIA GUERARDI...  ESSES PARENTE